Há Alguma Evidência Que Nos Mostre Como Era A Aparência de Jesus?

PUBLICADO EM 07/02/2020
ANÚNCIO

A Aparência de Jesus

De acordo com nossa cultura, sabemos que Jesus tem a aparência de um homem branco, com barba e vestido em uma túnica branca. Isso era algo sabido para as pessoas que acreditam nele. Pensamos que ele se parece às pinturas, imagens em livros ou como aprendemos na igreja. Sempre assumimos que essa informação estava correta. Apesar disso, uma historiadora e professora na King’s College, chamada Joan Taylor, tinha provas de que Jesus não se parecia com as imagens que vemos em todos esse diversos locais.

A Aparência de Jesus

Por que Pintores Pintavam-no Assim Durante A História?

Por que a maioria dos pintores desenham a aparência de Jesus apesar de ele ter tido uma aparência diferente quando estava vivo? A partir de pesquisas, sabemos que os pintores que desenharam essas imagens nos séculos passados também criou imagens de diversos deuses. E então, quando Jesus se ternou uma pessoa famosa durante aquele período, o pintor compôs a imagem do messias baseado em imagens que encontramos em outros lugares.

Por que Pintores Pintavam-no Assim Durante A História?

Acessórios De Fora Desse Mundo

Na nossa época atual, alguns especialistas em história que pesquisaram a respeito de Jesus notaram que algo não ia de acordo com os fatos. Eles comparavam diferentes imagens que continham os acessórios de Jesus. Os mesmos não iam de acordo com a época na qual ele viveu, e eles sabiam disso devido a evidências históricas. Se pensarmos nas pinturas de Jesus, ele sempre tinha uma coroa em sua cabeça, ou estava sentado em uma cadeira monumental. Mas isso não faz sentido históricamente. Quando Joan Taylor estudou o Rei Dos Reis, ela descobriu que Jesus sempre teve a aparência de um homem comum.

Acessórios De Fora Desse Mundo

O Que Está Escrito Na Bíblia?

Alguns religiosos foram contra o que estava escrito na Bíblia. Até brigariam entre si para comparar suas provas. Suas discussões eram sobre a aparência de Jesus e como ele era naquele tempo, baseado em evidências encontradas na Bíblia. Haviam fatores que apontavam como ele se parecia naquela era. Algumas descrições nos dizia que Jesus era um homem comum que não era diferente do resto da multidão. Ele se parecia com qualquer outro homem vivendo naqueles dias.

O Que Está Escrito Na Bíblia?

Explicações Incertas 

Haviam algumas explicações vagas, que não eram certas o bastante para que se pudesse juntar evidências sobre a aparência de Jesus. No século passado, alguns artistas usaram licença poética e diferentes tipos de pinturas para fazer seus retratos do jeito que desejavam. Além disso, alguns artistas não apenas o desenhavam como queriam, mas também usavam bastante simbolismo.

Explicações Incertas

O Bom Pastor 

Pintores alegóricos fizeram uma imagem de Jesus em um pasto, rodeado por ovelhas. A ideia dos pintores era fazer de Jesus um ‘bom pastor’. Isso era um simbolismo de ele ser o pastor de seu povo. Ser um pastor era um simbolismo para uma aparência de um líder a quem o povo poderia seguir. Essa imagem de Jesus foi feita durante a Era Romana. Muitas das imagens foram encontradas na cidade de Roma, muito longe da terra natal de Jesus.

O Bom Pastor

A Pintura Está Na Pedra

O fato de Jesus ser um homem caucasiano de barba seria bem aceito durante a Idade Média. Apesar disso, a imagem do messias como sendo um bom pastor ficou conhecida como a aparência mas aceita nos dias de hoje. Ele sempre era retratado usando uma túnica branca ou creme, de cabelos longos, e de barba. Essa é a referência que vemos hoje em dia.

A Pintura Está Na Pedra

Conectando Diferentes Imagens 

A maioria dos pintores antigos não  utilizou reportes ilustrativos da Bíblia. Mesmo que essa fosse uma maneira de ajudá-los a ter um guia de como Jesus se parecia. Essa foi o motivo de artistas quererem criar uma imagem de Jesus de acordo com seu próprio modelo. Mas artistas se baseavam e juntavam diversas partes de pinturas existentes para criar uma imagem similar.

Conectando Diferentes Imagens

Uma Imagem e Aparência Melhoradas

Hoje em dia, artistas melhoraram a imagem geral os detalhes de pinturas antigas para criar algo novo, mas similar a aparência já estabelecida de Jesus. Esse era o método utilizado pelos artistas para criar suas pinturas ideiais. Quando eles geravam o produto ideal para a imagem de Jesus, eles se baseavam em algo primário e já estabelecido, e os jovens artistas perpetuavam o mesmo conceito.

Uma Imagem e Aparência Melhoradas

Trabalho De Arte Original 

Um exemplo: a imagem da estátua de Zeus, na qual ele aparece como um deus mitológico, com cabelos e barbars longas, o que podemos comparar à imagem de Jesus. Mesmo as roupas que Zeus usa são as mesmas, um robe branco. Essa imagem nos deixou mesmerizados em todos os apectos, porque a imagem claramente remete à mitlogia. Todos os pintores queriam fazer algo original, mas seguiram o mesmo padrão de outras ilustrações.

Trabalho De Arte Original

Não É A Mesma Coisa 

Mesmo que a imagem fosse uma pintura complexa por si só, ainda tinham artistas que ficavam pouco impressioados como ‘Zeus’ tinha sido feito. Se olhamos para as esculturas da época egotistica Romana do Imperados Augustus, podemos ver que o Imperador se parace bastante à Zeus. E se olharmos bem de perto, a escultura não se parece ao Imperador de maneira alguma.

Não É A Mesma Coisa

De Alguma Forma, Era O Mesmo Zeus

O Imperador Romano Augustus pediu ao seu escultor que fizesse alguns detalhes diferentes em sua aparência, já que sua aparência real não seria nada se comparada à obra de arte. Ele queria uma escultura de um homem de cabelo curto e sem barba. Mas, naquele tempo, as pessoas queriam ver coisas mais elaboradas. Para construir aquele tipo de imagem, sua imagem foi feita com o mesmo cabelo e barba de Zeus.

De Alguma Forma, Era O Mesmo Zeus

A Última Ceia

A historiadora Joan Taylot juntou informações e apresentou sua evidência para a ideia que tinha sobre Jesus. Ela disse que Jesus nunca teria se sentado em uma cadeira tão sintuosa. Talvez o trono fosse algo popular durante aquele tempo. Apesar disso, esse tipo de pintura não representava quem ele era enquanto estava vivo. Não era sempre um fato que podíamos saber se era verdadeiro ou não, mesmo que fosse a imagem mostrada na ‘A Última Ceia’ junto com seus seguidores.

A Última Ceia

Uma Aparência Moderna 

Houveram relatórios feitos por historiadores curiosos a respeito dessas ilustrações. Haviam alguns conceitos dos trabalhos originais que haviam sido alterados pelos artistas. Isso nos fez pensar que algo era a imagem real de Jesus, mas que, na verdade, não era. Historiadores mostram que artistas desenvolveram seus desenhos para fazer com que a pessoa, ou imagem se encaixasse em uma temática evangélica. Por exemplo, em um quadro, uma esparada foi substituíida por uma bíblia, e a figura foi centralizada para dar a impressão de que essa pessoa era absoluta.

Uma Aparência Moderna

A Imagem Perfeita 

Mesmo depois de vários anos, as pessoas ainda esperavam que a imagem de Jesus se parecesse com as imagens antigas. Mesmo o contorno, os aspectos da face, e o robe branco ou cor de creme. As vezes, algumas pinturas o mostravam com uma coroa. Existem muitas imagens ideias diferentes de Jesus que foram criadas por diversos artistas. Jean começou a perceber que as pessoas gostariam de ver a imagem de Jesus como algo santo.

A Imagem Perfeita

Expressões Poderosas 

O resultado desta imagem foi que os artistas queriam fazer de Jesus algo sagrado. Se pensarmos sobre os superherois de nossa época, como vemos nos filmes, podemos perceber que durante o período Grego e Romano, sabemos que cabelos longos eram um sinal de poder. Isso nos ensinou a ver pessoas com cabelos longos como alguém poderoso e importante. As expressões de Jesus tinha essas similaridades a outras figuras, porque um dia também foram consideradas poderosas a santas.

Expressões Poderosas

Jesus É Um Ser Humano Normal?

Haviam provas que autoridades conseguiram provando que a imagem de Jesus era baseada nas mesmas pinturas durante todo esse período. As imagens o representavam com feições que obviamente  apontavam como o salvador, e não uma pessoa qualquer.

Jesus É Um Ser Humano Normal?

Evidências Que Mostram Como Ele Realmente Era

Nos séculos passados, há evidências que apontavam que o Sudário de Turim era na verdade o Sudário de Jesus. Também existem provas de que se encontrou uma fotografia clara de seu corpo. Entre esses indicadores, alguns artifatos foram encontrados naquele local que poderia dar mais informações sobre a real aparência de Jesus.

Evidências Que Mostram Como Ele Realmente Era

Alguns Filósofos Questionam A Evidência

Nos Estados Unidos, tinha um historiador e professor que estava incerto sobre a evidência do Sudário. Ele disse que acreditava que o sudário poderia ser uma prova falso que servia como surporte para as pessoas que acreditavam que pertencia a Jesus. Ele também dizia que pela importância religiosa que uma descoberta dessa magnitude tinha, era provável que as pessoas que produzissem as provas esperariam ganhar dinheiro da igreja, o que seria prejudicial para seguir com a investigação.

Alguns Filósofos Questionam A Evidência

Qual Era Sua Real Aparência?

Mesmo que não possamos confiar em ilustrações da Idade Média, Joan, com seu grupo, tinha estudado diferentes artifatos como papiros velhos usados no Egito antigo, e também locais de enterros. Essa era a maneira de descobrir a aparência de Jesus na época. Eles acharam que a melhor maneira de descobrir a aparência de Jesus era verificando elementos de quando ele ainda pertencia a esse mundo.

Qual Era Sua Real Aparência?

Eles Tem Estilos De Moda Diferentes 

Em conjunto com seu time, Joan estava determinada a descobrir qual era a aparência de Jesus enquanto ele ainda estava vivo. Ela tentou concluir o que homens comuns vestiam durante aquele tempo. Havia uma chance de que ele houvesse utilizado esse tipo de roupa durante sua vida. Nessa época, uma pessoa que usava um tipo de capa diferente não o fazia baseado na moda. Haviam muitas pessoas que pertenciam ao Clero que se vestiam de maneira similar, mas hoje em dia não os vemos. A Bíblia fala que João Batista tinha tipos diferentes de roupas. Mas, não menciona as roupas que Jesus usava.

Eles Tem Estilos De Moda Diferentes

O Que Ele Está Vestindo?

Depos de descobrir a respeito dos papiros e das ilustrações do período do Egito antifo, os historiadores descobriram quais eram as roupas que uma pessoa comum usaria na época que Jesus estava vivo. Haviam descrições bem precisas sobre o tipo de roupa que se usava naquele tempo.

O Que Ele Está Vestindo?

As Túnicas Não Eram Longas

Quando Joan encontrou evidências sobre essa era, ela pensou que o homem comum usava túnicas. Mas, não eram tão longas quanto as mostradas nas ilustrações. Os homens daquele tempo usavam túnicas na altura do joelho. Isso faziam com que tivessem melhor flexibilidade ao fazer seus trabalhos diários de maneira eficiente. Qualquer roupa mais longa do que a altura do joelho não era considerada prática, principalmente durante a jornada de trabalho.

As Túnicas Não Eram Longas

Apenas Os Membros De Alta Classe Usavam Roupas Longas 

Joan também descobriu que haviam diversas classes sociais vivendo naquela era. A maioria da classe alta usava esporadicamente roupas e capas longas. Isso poderia signigicar que estavam se gabando de seu alto nível social, mostrando que não precisavam trabalhar. A historiadora pensou que isso seria outra evidência de como Jesus se parecia. Jesus não usaria roupas longas, por exemplo, porque era um homem modesto e comum.

Apenas Os Membros De Alta Classe Usavam Roupas Longas

Cores Enfadonhas 

As evidências mostravam que Jesus não usava capas e roupas longas, como as pessoas pertencentes às classes altas da época. Jesus usava roupas até o joelho, como qualquer outro homem. E será que a cor das suas roupas era coerente com as imagens que vemos hoje em dia? Investigações mostram que naquela era, não existiam métodos de tingimento para clarear as roupas. Isso significa que seria impossível que as roupas de Jesus fossem brancas. A maioria das túnicas daquele tempo era criada a partir de lã pura. Na Bíblia, se dizia que as roupas que ele usava eram tingidas em cores brancas e brilhantes quando ele se tornou um rei divino.

Cores Enfadonhas

Elementos Decorativos 

Haviam outros detalhes em algumas ilustrações que mostravam Jesus usando uma capa azulada ou um véu por cima da roupa. Mas, por que seu robe era feito de um tipo diferente de azul? Talvez houvesse um signifcado dele ter sido mostrada na cor azul. Historiadores não tem uma explicação sobre a cor de duas roupas.

Elementos Decorativos

Não Era Um Manto Tradicional 

Muitas pinturas diferentes e filmes mostram a crucificação de Jesus. Podemos ver no filme que Jesus usava uma túnica curta e uma capa. Historieadores assumiram que o manto que Jesus usava não era um manto tradicional, e sim religioso. Também se pode perceber que durante a crucificação ele usava um tipo de adereço.

Não Era Um Manto Tradicional

Não Apenas Um, Mas Dois 

Historiadores até chegaram a pensar que Jesus tinha dois mantos religiosos. Haviam descrições na Bíblia dizendo que Jesus removia um cachecol para lavar os pés de seus devotos, e que ele usava outra capa enquanto rezava.

Não Apenas Um, Mas Dois

Que Tipo De Sapatos Ele Usava?

A historiadora Joan Taylor verificou até mesmo o tipo de sapato que Jesus usava. Há evidência que nos descoberta nas relíquias reminentes que foram descobertas no local. No local onde morava Jesus foram encontrados vários peças de tecido que poderiam nos dizer qual tipo de sapatos ele usava. Depos de realizar alguns testes, foi definido que era um tipo de sandália. Dessa vez, Joan advinhou que esse era o tipo de sapato que ele usava enquanto vivia, de acordo com as evidências.

Que Tipo De Sapatos Ele Usava?

Detalhes Externos 

Depois de todos os resultados, ainda queriamos saber qual era a aparência de Jesus. Os historiadores estavam felizes de saber como ele se parecia. Na ilustração no Livro Dos Retratos, que estava acessível em qualquer lugar, era possível ver como ele era. Haviam provas de que restos mumificados podiam ser observados na terra aonde Jesus tinha vivido. Os restos tinham dois tipos de características, grega e egípcia.

Detalhes Externos

Detalhes Similares 

Em algumas ilustrações e imagens específicas haviam melhorado nosso conhecimento sobre a estrutura facial de Jesus. Haviam alguns retratos de múmias egípcias que nos dava boas descrições. Os historiadores pensavam que esses restos de corpos mumificados eram pessoas que viveram na mesma era que Jesus. E esses restos eram a melhor chance de ter uma imagem de como eram as características do rosto de Jesus.

Detalhes Similares

Pequenas Evidências Encontradas 

Ainda faltavam alguns passos para descobrir a aparêndia de Jesus, como observar evidências encontradas em uma sinagoga antiga. Esse objeto ajudaria a determinar suas características. A prova foi encontrada em um lindo local de orações, onde foi encontrado algumas pessoas que poderiam ajudar a identificar Jesus.

Pequenas Evidências Encontradas

Restos De Moisés

O objeto desconhecido poderia acabar com a discussão entre as análises de diferentes pessoas. Mas, no fim das contas os restos encontrados não pertenciam a Jesus. Eram os restos de Moisés. A questão era: como essa nova informação poderia ajudar a chegar a uma conclusão sobre como Jesus era.

Restos De Moisés

As Mesmas Vestimentas De Moisés

A historiadora decidiu que os restos de Moisés poderiam servir como indicação para como um homem daquela era se parecia. Se pensarmos que Jesus e Moisés tinham coisas em comum, como as vestimentas da mesma era, talvez isso significasse que as roupas eram comparáveis as que Jesus usava.

As Mesmas Vestimentas De Moisés

Eles Têm Estilos De Cabelo Diferentes

Mas, chegou-se a conclusão de que eles eram bem diferentes, pois Moisés tinha cabelos curtos e não tinha barba. Isso mostra que a nova descoberta não tinha similaridades com as outras imagens que podia-se tomar como referência da aparência de Jesus, que foi usada pelos pintores por muito tempo, e que mostravam Jesus como algo divino.

Eles Têm Estilos De Cabelo Diferentes

O Que Sabemos Graças Aos Pintores 

Depois de toda a investigação de relíquias e evidências, Joan Taylor descobriu que nas eras passadas, alguns pintore sofisticados estavam certos sobre a barba de Jesus. Ele provavelmente tinha uma longa barba pelo tempo que ele passava viajando. Por isso, não tinha tempo ou ferramentas para se barbear durante a viagem. Quando Jesus e seus seguidores viajaram por diversos locais, seus cabelos e barbas crisciam e ficariam bastante longos ao longo do tempo. Talvez esse fosse o motivo, afinal de contas, de por que Jesus sempre era retratado com uma longa barba.

O Que Sabemos Graças Aos Pintores

ANÚNCIO